Técnica da Ginástica é convocada para Seleção Gaúcha de Judô

Já era noite do dia 06 de julho quando a notícia chegou através do Diretor Técnico da Federação Gaúcha de Judô, Antônio Carlos Pereira. A técnica das equipes de judô da SGNH foi pega de surpresa ao receber o convite para treinar a Seleção Gaúcha Sub15 Feminino.

Pauline Schneider tem 25 anos e há dezoito está no esporte. Os primeiros passos foram dados em 1993 quando entrou em um projeto escolar que acontecia na Sociedade Ginástica. Depois de um ano praticando judô, Pauline já começava a competir e a conquistar títulos. De lá pra cá muitas conquistas, desde a categoria infantil até a sênior, a judoca já foi Campeã Estadual e Metropolitana por nove vezes, 3º lugar nos Jogos da Juventude e por três vezes foi Vice-campeã Brasileira. Pauline também é a primeira Faixa Preta Mulher de Novo Hamburgo. Com uma trajetória assim é fácil entender o motivo da convocação da técnica ginasticana. Ela ficou surpresa com o convite e comenta. “Me sinto orgulhosa porque o esporte é minha vida. Eu vivo do judô, não faço outra coisa. Acho que a dedicação que tive ao longo da minha vida, em treinos e também com os alunos, gerou isso. Na verdade eu levo como um reconhecimento e quero continuar indo além pra conquistar ainda mais.”

A hamburguense é apaixonada pelo que faz. Além de treinar as equipes ginasticanas e assumir como técnica da seleção gaúcha, Pauline também atua em um projeto social criado por ela mesma. Esse projeto atende 320 crianças que praticam o esporte e entre os alunos cerca de 70% são meninas. A técnica comenta que hoje não existe mais aquele preconceito de que as meninas eram delicadas de mais para esse esporte e que os pais incentivam mais suas filhas na prática do judô nos dias de hoje.

A jovem nunca desistiu de seus sonhos e colhe o fruto de muito empenho, dedicação e amor pelo que faz, deixando a mensagem de que é possível conquistar os sonhos que temos: “As dificuldades vão sempre existir. Se tu gostas e sonha com alguma coisa tem que batalhar, passar por todas as dificuldades e seguir porque um dia tu vais chegar lá, como foi o meu caso. Nunca foi fácil, iniciei por um projeto, meu pai teve dificuldade pra me manter no esporte e fomos dando um jeito, a família foi ajudando.”

Pauline já assumiu como técnica da Seleção Sub15 e posteriormente vai assumir outras categorias para disputar títulos importantes no esporte.Um orgulho para a SGNH que é o palco de mais um talento revelado.

 

 

Técnica da Ginástica é convocada para Seleção Gaúcha de Judô