A Sociedade Ginástica Novo Hamburgo, localizada no município que empresta seu nome, no Rio Grande do Sul, foi fundada em 1894, inicialmente com atividades de ginástica em aparelhos e dança. Atualmente é um clube com crescente número de associados, e conta com 16 departamentos que propiciam atividades diversas, tanto na área esportiva, como cultural e social.

No dia 11 de julho de 1894, nascia a Turnverein New Hamburg – Sociedade Ginástica Novo Hamburgo, quando o município ainda era um distrito de São Leopoldo.

Em uma noite fria de inverno, 18 jovens, filhos e netos de imigrantes alemães resolveram fundar uma Sociedade com base de crescimento em três palavras: esportes, lazer e recreação. Reunidos na casa de João Kolling, um dos fundadores, entre as diversas reclamações da baixa temperatura e planos de futuro, lavraram a ata de fundação da SGNH em uma folha de papel almaço. Mal eles poderiam imaginar que a pequena comunidade de cultura física alcançaria mais de um centenário de anos e muitos associados ativos.

A vontade de construir uma Sociedade cada vez maior, fez com que seus fundadores, apesar de todas as dificuldades enfrentadas, não desistissem desse objetivo.

Fundamentaram o desenvolvimento desportivo e social nos princípios adotados e difundidos pelo professor e atleta alemão, Friedrich Ludwig Jahn. Em diretrizes que são representadas pelas quatro letras F destacadas em relevo no teto do Salão Social, que significam Frisch (vigoroso), Fröhlich (feliz), Fromm (piedoso) e Frei (livre). Estes princípios são adotados por todas as Sociedades Ginástica do mundo.

Após a constituição do Clube e a aprovação dos princípios sobre os quais ele se fundamentaria, escolheram sua primeira Sede Social, na rua 15 de Novembro, hoje rua Joaquim Nabuco, onde inicialmente praticavam apenas dança, uma vez que o espaço era muito reduzido para desenvolver outras atividades.

Em 1908 mudaram de Sede Social, para a Rua da República, hoje Avenida Pedro Adams Filho, esquina com a rua Julio de Castilhos, onde está estabelecida a farmácia Droga Rio. Em virtude do espaço maior que lá existia, iniciaram, então, a Ginástica em Aparelhos, hoje Ginástica Artística, cujos equipamentos foram trazidos da Alemanha, entre eles, paralela, cavalo, barra fixa e argolas. Alguns desses ainda se encontram no Clube em perfeito estado de uso.

Foi somente em 1912 que inauguraram a sede própria na rua General Neto, hoje “Calçadão de Novo Hamburgo”, no local onde está o Centro Cultural Albano Hartz, oportunidade na qual, em virtude do espaço maior, foi introduzido o Bolão.

A partir de 1950 os esportes tomaram um novo impulso com a mudança para o bairro Rio Branco, onde se situa atualmente a Sede Social, na rua Castro Alves.

Em 1961 foi construído o Parque Aquático, em 1973 o Ginásio de Esportes, e, em 1975 foi adquirido o Parque Canudo, Sede Campestre, em Nova Hartz.

Uma história de muito idealismo, trabalho e conscientização da juventude atribuiu à Sociedade Ginástica de Novo Hamburgo valores modernos e visão de futuro com raízes sólidas nas referências do passado.

As oito estrelas do logotipo

logo-colorvazado
A SGNH é conhecida como celeiro de talentos locais no Rio Grande do Sul e já projetou campeões nacionais e internacionais. Sua tradição nos esportes já lhe conferiu títulos mundiais de clubes, que estão estampados na logomarca do clube no formato de oito estrelas, referendando os dois títulos conquistados pelo Tênis e seis pelo Punhobol.

Punhobol hexa campeão mundial

A equipe de Punhobol ginasticana disputou e sagrou-se campeã  no  primeiro Campeonato Mundial da modalidade, ocorrido em 1975, na cidade de Linz, na Áustria. O segundo título foi conquistado em 1982, na cidade alemã de Stuttgart. O Clube venceu e comemorou “em casa” o tricampeonato, em 2001. Em 2010, na Namíbia/África, a equipe conquistou o tetra Campeonato Mundial. Já no dia 21 de outubro de 2012, a equipe ginasticana conquistou o pentacampeonato, vencendo a Áustria, na SGNH. A taça de campeão foi levantada novamente no dia 12 de outubro de 2013, na Namíbia.

Tênis conquista dois títulos mundiais

A SGNH, no dia 12 de outubro de 1992, conquistou o 1º Campeonato Mundial de Tênis Interclubes, na categoria 55 anos. A Equipe ginasticana contou com os tenistas: Erony Scherer, Erion Heller, José Carvalho Manoel Maia, Nestor de Conto, Pedro Roese, Anastácio Rodrigues, Nestor José Brunelli, Victor Nicolau Körbes e João Antônio Heck, como capitão.

A conquista de mais uma estrela para o escudo foi em 1994, em outra edição do Campeonato Mundial, na mesma categoria, onde participaram muitos dos jogadores do time campeão de 1992.