Reunião define segurança no carnaval

Carnaval é época de brincadeira, diversão e descontração, mas a saúde e a segurança precisam estar sempre presentes para que a comemoração seja completa. Considerado o maior baile de salão do sul do país, o Vermelho e Branco acontecerá no próximo dia 05, no Salão Social do Clube. E, preocupada com o bem-estar de seus foliões, a Sociedade Ginástica Novo Hamburgo em parceria com a Brigada Militar, a Guarda Municipal, o Corpo de Bombeiros, o CFC Valderez, a Secretaria Municipal de Saúde, a SESMUR – Secretaria de Segurança e Mobilidade Urbana, Secretaria de Meio Ambiente, a Diretoria de Trânsito, o Movimento #PAZ, o Conselho Tutelar, a Polícia Civil e a Secretaria de Cultura realizam uma campanha de prevenção e conscientização para o carnaval Vermelho e Branco.

Nesta quarta-feira, 27, foi realizada, pelo sétimo ano consecutivo, uma reunião-almoço na Sociedade Ginástica, a fim de discutir estratégias de segurança para a 34ª edição do evento.

O CFC Valderez fará o transporte de volta para casa dos foliões na noite do Vermelho e Branco. Serão disponibilizadas vans, a partir da 1h30 até às 5h30, com saídas de 30 em 30 minutos, com até 10 km de distância (somente Novo Hamburgo). A inscrição é por ordem de chegada no dia do evento.

Além disso, três bombeiros civis foram contratados pelo Clube, 70 agentes de segurança e 25 agentes de portaria e recepção, para fazer acompanhamento do evento. A festa contará ainda com o apoio da Guarda Municipal e Brigada Militar no entorno do Clube. E para brincar o carnaval de forma mais segura, a Secretaria Municipal de Saúde estará com o seu bloco, orientando e distribuindo folhetos educativos e preservativos, numa campanha educativa e preventiva contra Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST/AIDS).

A Sociedade Ginástica e o Projeto Catavida/Cooperativa Colabore irão atuar após o Vermelho e Branco, coletando os resíduos deixados da festa.

Após o término do baile de carnaval serão recolhidos materiais como: latinhas de refrigerante e cerveja, garrafas PET, papel, metal e plástico. Todo esse material será catalogado e pesado pelos profissionais da Sociedade Ginástica e encaminhado para a cooperativa que dará o resultado final ao resíduo.

“Nosso tradicional baile é de alegria, queremos que as pessoas se divirtam e fiquem com ótimas recordações dessa noite”, salienta o presidente do Clube, Alfeu Rost.

Direcionada também à comunidade, as entidades presentes estarão realizando ações preventivas de segurança e saúde, antes e durante os dias de folia do carnaval na cidade.