Método Gustavo Borges na Sociedade Ginástica

A Sociedade Ginástica firmou em março de 2011 o credenciamento com o medalhista olímpico, Gustavo Borges, para disponibilizar no Clube o método de aprendizagem e aperfeiçoamento criado por ele. Denominada Metodologia Gustavo Borges, trata-se de um programa de natação que mescla conhecimentos e habilidades desenvolvidas durante toda a vida profissional do nadador brasileiro. Ao ser aplicada, permite trabalhar com um modelo cíclico, que possibilita ao aluno – mesmo faltando algumas aulas ou iniciando as atividades no meio de um semestre, por exemplo – vivenciar os objetivos obrigatórios de cada nível por meio do aprendizado de fundamentos que compõem as habilidades globais de todos os estilos.

“Tudo o que tive na vida veio da água. Acredito muito no esporte e no negócio. Montar um programa como a Metodologia Gustavo Borges é para mim a possibilidade de colaborar com o desenvolvimento do esporte que fez de mim o que eu sou”, diz Gustavo Borges. “Mais do que disseminar um programa e uma filosofia de trabalho queremos formar uma rede onde o respeito ao desenvolvimento e crescimento do negócio está em primeiro lugar”.

Sendo a criança o principal cliente da aprendizagem da natação, a metodologia Gustavo Borges oferece ensino e diversão ao mesmo tempo, e uma maior objetividade no processo ensino-aprendizagem. O acompanhamento da evolução do aluno pelas famílias e por si próprio torna-se mais simples, claro e objetivo, em função das fichas de avaliação ilustradas.

O que é a Metodologia Gustavo Borges?

A Metodologia Gustavo Borges é um estudo que descreve as melhores práticas para ensinar e treinar a natação. Formatada pelo professor William Urizzi de Lima, ex-técnico da seleção brasileira, a Metodologia oferece a padronização e sistematização de todos os processos do ensino da natação.

Com a Metodologia, crianças a partir dos 6 meses de idade, já podem começar o aprendizado da natação. O programa é resultado do conhecimento e experiência acumulados nos mais de 20 anos de carreira de Gustavo Borges e da sua equipe de técnicos e profissionais.

O Diferencial

O método inclui material pedagógico e serviços associados que permitem um controle de avaliação do ensino. Este é o grande diferencial da Metodologia Gustavo Borges, que propõe um método cíclico de avaliação, onde professores e alunos são avaliados continuamente.

O que oferece

A metodologia abrange algumas práticas para facilitar o processo de ensinar a natação:

  • Assessoria constante para auxiliar na aplicação do método;
  • Avaliações periódicas dos alunos;
  • Calendário com objetivos semanais de ensino;
  • Divisão de níveis por habilidade aquática e faixa etária;
  • Material pedagógico e de divulgação
  • Certificado de passagem de nível;
  • Aulas demonstrativas para os pais;
  • Capacitações para coordenadores e professores;
  • Cursos de reciclagem e atualização para os professores;
  • Atualização continua do método.

Divisão de níveis

A Metodologia propõe uma divisão dos alunos por idade e nível de aprendizagem, identificados através de toucas coloridas, correspondentes a cada nível.

Para as crianças, os critérios de divisão de nível levam em consideração a idade maturacional do indivíduo e as habilidades aquáticas desenvolvidas (sobrevivência dentro da água, adaptação ao meio líquido entre outras).

Para os adultos, a divisão considera as habilidades aquáticas desenvolvidas e os objetivos pretendidos com a prática do esporte.

Os níveis são:

  • Bebê I – Touca Amarela
  • Bebê II – Touca Amarela
  • Bebê III – Touca Amarela
  • Adaptação – Touca Verde
  • Iniciação – Touca Vermelha
  • Aperfeiçoamento I – Touca Azul Clara
  • Aperfeiçoamento II – Touca Azul Royal
  • Aperfeiçoamento III – Touca Laranja
  • Adulto Adaptação – Touca Preta
  • Adulto Iniciação – Touca Preta
  • Adulto Condicionamento – Touca Preta

Ensino Planejado

Além da divisão de níveis, que facilita o processo de aprendizagem, a Metodologia propõe um calendário de objetivos semanais, uma espécie de planejamento periódico que contém os principais pontos que devem ser trabalhados pelo professor durante as aulas.

O calendário funciona como um guia orientador que auxilia o professor também na hora da avaliação, pois seguindo os objetivos propostos, o professor saberá exatamente o que cobrar do aluno no momento da avaliação. Com esse calendário o professor elabora as aulas, de acordo com a sua criatividade, mas sem perder o foco no que precisa ser ensinado.

As avaliações

Um grande diferencial da Metodologia formativa são as avaliações periódicas que acontecem quatro vezes ao ano, nos meses de Abril, Junho, Setembro e Novembro, permitindo constatar a evolução do aluno e de suas habilidades dentro da água.

Ficha do Professor

As avaliações são feitas com base numa ficha que é mantida com o professor e que contém 15 itens com todos os critérios que devem ser avaliados, embasados nos objetivos específicos correspondentes aos níveis.

Essa ficha serve como orientação para o professor acompanhar a evolução do aluno, já que permanece a mesma até que o aluno mude de nível. A ficha do professor é muito importante na hora de avaliar o aluno, pois durante o processo de aprendizagem, o professor, por meio dos itens já analisados e contidos na ficha, consegue perceber se houve uma evolução ou se o aluno está com dificuldades em algum aspecto.

A grande vantagem desta ficha é que se o aluno não está evoluindo, o professor consegue saber em qual aspecto o indivíduo tem dificuldade. E mesmo que o aluno não esteja apto a mudar de nível, ele consegue perceber se houve uma evolução no aprendizado.

A cada avaliação o professor preenche a ficha e avalia se o aluno tem condições de passar para o próximo nível. Para mudar de nível o aluno precisa atingir 75% da pontuação máxima.

Ficha do Aluno

A ficha do aluno, que ele leva com ele ao final de cada avaliação, é preenchida pelo professor e demonstra toda a evolução do aluno naquele período.

A ficha contém os principais itens avaliados, pontuados em 5 níveis: Regular, Bom, Muito Bom, Ótimo e Excelente, com base na soma dos acertos.

Método Gustavo Borges na Sociedade Ginástica