Ginasticana é convocada para os Jogos Pan Americanos

A ansiedade acabou. Por volta das 19h, do dia 16 de maio, o site da Confederação Brasileira de Patinação (www.cbhp.com.br) divulgou a convocação da atleta da Sociedade Ginástica Novo Hamburgo, Júlia Balthazar, para a única vaga feminina nos Jogos Pan Americanos 2011, no México.  A porto alegrense, de 23 anos, começou no esporte aos seis anos de idade em um clube da capital, logo aos oitos anos conquistou o primeiro lugar em uma competição interna. Esse momento foi o divisor de águas na trajetória de Júlia, que patinava até então, por diversão. Ela percebeu que poderia ser uma boa patinadora e que tinha potencial para ser uma grande atleta. Em 2005, veio o primeiro título importante no Campeonato Brasileiro de Patinação, onde foi campeã na categoria livre individual/júnior. A única vez em que Júlia pensou em desistir do esporte foi em 2007. A troca de clube e de técnica fez ela se questionar sobre sua permanência na patinação. Certo dia, enquanto caminhava pelas ruas de Porto Alegre, uma foto chamou sua atenção em jornal antigo que estava no chão. Ao verificar a matéria, descobriu que era sua grande ídola, a atleta Janaína Espindola e decidiu que continuaria no esporte se ela fosse sua treinadora.

No mesmo dia, Júlia entrou em contato com Janaína e desde então a atleta é treinada pela primeira medalhista pan americana de patinação do Brasil, na Sociedade Ginástica Novo Hamburgo. A jovem, que adora sair pra dançar e curtir uma balada acredita que ninguém chega a lugar algum sozinho. “Tudo, em qualquer coisa que tu vais fazer, sempre precisa da ajuda de alguém. Apesar de eu praticar um esporte individual, sempre tem uma equipe por trás, uma série de pessoas que me ajudam a ser o que sou e fazer o que eu faço.” Um dos principais valores de Júlia é a humildade, ela mantém os pés no chão e diz que sabe que essa é uma fase em sua vida e que um dia terminará.  Ter sido convocada para os jogos Pan Americanos é a maior realização da patinadora, pois agora ela terá participado de todas as competições que uma atleta de patinação artística pode participar. Um presente para Júlia que recebe a convocação um dia antes de seu aniversário. Conforme Janaína Espíndola, o próximo passo agora é a preparação do treinamento até o Pan. A técnica se emociona com a convocação de Júlia. “Depois de doze anos do meu Pan eu fico sem palavras para descrever o que estou sentindo. Me sinto orgulhosa de no passado ter participado como atleta e agora ser preparadora em uma competição desse tamanho.”

Já a atleta ginasticana, Talitha Haas, foi convocada como atleta reserva na competição. Agora é treinamento, preparação e torcida pelas ginasticanas que representarão o Brasil em outubro, quando acontecem os Jogos Pan Americanos em Guadalajara, no México.

Ginasticana é convocada para os Jogos Pan Americanos