Ginástica intensifica o combate contra o Aedes Aegypti

Com a grande incidência do mosquito Aedes Aegypti na região, causador de duas novas doenças, Zica e Chikungunya, além da mais conhecida Dengue, a Sociedade Ginástica vem intensificando o monitoramento no combate contra o mosquito. Desde fevereiro deste ano, os colaboradores da manutenção vêm retirando entulhos e materiais em locais impróprios do Clube propícios para o acumulo de água, além de verificarem e adicionarem cloro aos bueiros, evitando assim, focos do Aedes Aegypti.

Na última terça-feira, 8 de março, integrantes do Projeto de Combate e Prevenção a Dengue da Universidade Feevale participaram de uma vistoria no Clube e não foram detectados focos de mosquito. Apesar deste resultado, a Sociedade Ginástica continua a monitorar e tomar medidas para que não se tenha novos locais de risco.