Equipe gaúcha se despede da competição

Em uma noite de muita luta, a Voleisul/Paquetá Esportes se despediu da Superliga Masculina 2014/2015. A equipe gaúcha perdeu para o Minas Tênis Clube por 3 sets a 1, parciais de 25/28, 23/25, 25/20 e 25/13. A partida foi realizada no ginásio da Sociedade Ginástica Novo Hamburgo na noite deste sábado, 28/02.

Com a derrota a equipe terminou a fase classificatória da Superliga na décima colocação com 25 pontos, e está garantida na próxima edição do campeonato da elite do vôlei brasileiro. “Foi a nossa primeira temporada disputando a Superliga A. Queremos agora, com calma nos próximos dias, fazer uma avaliação da temporada”, afirma o diretor da Voleisul/Paquetá Esportes, Tiago Peter Hoefelmann.

A despedida da equipe contou com bom público, com 750 pessoas acompanhando a partida. O jogo começou difícil para a time gaúcho. Enquanto os donos da casa erravam nos saques, o Minas forçava os erros da defesa. Jogando com muita intensidade, e aproveitando os potentes ataques do cubano Escobar, o time visitante abriu vantagem para vencer a primeira parcial por 25 a 18.

Na segunda etapa a Voleisul/Paquetá Esportes voltou mais concentrada, e o saque da equipe começou a funcionar. Com isso, o time gaúcho equilibrou a partida, forçando erros dos adversários. Em um set bastante disputado, os donos da casa chegaram a estar perdendo por três pontos de desvantagem, mas conseguiram equilibrar e abrir vantagem no momento certo, até fechar o set em 25 a 23 em um saque do ponta Hugo, igualando o placar em sets.

O equilíbrio visto no segundo set voltou para sequência da partida. Em uma parcial muito disputada, a equipe gaúcha chegou a estar na frente do placar. No entanto, viu o Minas ultrapassar para abrir vantagem no final da contagem, vencendo por 25 a 20. O quarto e último set foi de superioridade dos visitantes, que fecharam em 25 a 13, vencendo a partida.

Para o técnico da Voleisul/Paquetá Esportes, a equipe jogou abaixo do que poderia. “Tivemos uma noite ruim, poderíamos ter feito mais. Ainda assim foi muito importante para nós chegarmos à última rodada brigando por classificação”, afirma. Capitão da equipe, o levantador Rafinha destaca a força do adversário. “O Minas briga pelo título, não tenho dúvidas. Mesmo com a derrota estou muito feliz em fazer parte desse projeto, e estar aqui na primeira temporada da equipe na elite do vôlei”, ressalta Rafinha.

SAQUE TRI – A noite reservou um momento para o futuro no vôlei. No intervalo do segundo para o terceiro set foram apresentadas à torcida as crianças e adolescentes selecionadas na peneira do Projeto Saque Tri, parceria entre a Voleisul/Paquetá Esportes e a Sociedade Ginástica Novo Hamburgo na formação de categorias de base masculinas e femininas.

A Voleisul/Paquetá Esportes, do técnico Paulo Roese, saiu jogando com Rafinha, Japa, Robinho, Aureliano, Bosko, Leandrão e o líbero Rafa. Entraram Maurício, Renan, Hugo, Rodrigo e Satiro.

A equipe do Minhas Tênis Clube, treinada por Nery Pereira Tambeiro Júnior, começou com Samuel, Escobar, Canuto, Everaldo, Flávio e Otávio, com Lucianinho como líbero. Entraram João, Felipe e Petrus.

A Voleisul tem a Paquetá Esportes como patrocinadora máster e conta com patrocínio de Sicoob Ecocredi, Afix, Doctor Clin, Flytour e apoio da Lei Estadual de Incentivo ao Esporte – Pró-Esporte.​

créditos:Daniel Nunes/Divulgação